COLMEIA de Igaratinga participa do III Encontro Pro Mananciais



 

No período de 3 a 5 de dezembro de 2019 os membros do Coletivo Local de Meio Ambiente – COLMEIA de Igaratinga, Alexandre de Faria Silva, Antônio de Pádua Almeida e Virgínio Alves Pereira Neto participaram do III Encontro Pro Mananciais, em Caeté. Alexandre é representante titular da Prefeitura Municipal de Igaratinga e Coordenador do Colmeia. Antônio é representante titular da Companhia de Saneamento de Minas Gerais – COPASA-MG e Secretário Executivo do Colmeia. Virgínio é representante titular da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – EMATER-MG e membro do Colmeia.

 

O Encontro teve como objetivo formar e trocar experiências, fazer um balanço das ações desenvolvidas em 2019 e apresentar o planejamento das ações para 2020 do Pro Mananciais, reafirmando o compromisso da Copasa-MG e das comunidades no cuidado com o bem mais precioso: a água.

 

O Pro Mananciais é um programa desenvolvido pela Copasa-MG e que conta com a coparticipação das prefeituras, da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais – ARSAE-MG, de diversas outras entidades públicas e privadas parcerias, organizações não governamentais e comunidades locais para recuperar e preservar os mananciais utilizados para o abastecimento público.

 

O Programa Pró Mananciais tem como objetivo geral proteger e recuperar as microbacias hidrográficas e as áreas de recarga dos aquíferos cujos mananciais servem para a captação dos sistemas de abastecimento público de água operados pela Copasa-MG por meio de ações e estabelecimento de parcerias que visem a melhoria da qualidade e quantidade das águas, favorecendo a sustentabilidade ambiental, econômica e social. No caso de Igaratinga, o foco é proteger e recuperar os mananciais que compõem a Sub-Bacia do Rio São João, que, por sua vez, faz parte da Bacia Hidrográfica do Rio Pará.

 

Para a consecução dos objetivos previstos no Programa, a Copasa-MG, como empresa concessionária de serviços de abastecimento de água, investirá no mínimo o equivalente a 0,5% (zero vírgula cinco por cento) do valor total de sua receita operacional de água. O montante do investimento terá como um dos critérios de distribuição o somatório dos recursos gerados nas localidades inseridas em cada uma das 3 grandes regiões hidrográficas em Minas Gerais. A Copasa-MG prioriza os municípios mais impactados pela crise hídrica e que demandam ações emergenciais de conservação das águas.

 

Até o momento Igaratinga foi contemplada com diversos serviços ambientais, tais como cercamentos de nascentes e de áreas de preservação permanente, plantio de mudas de árvores nativas e adequação de estradas vicinais. Em breve serão feitas barraginhas, bolsões, curvas de nível, terraceamentos e um sistema agroflorestal.

 




Inicial | Voltar
Link permanente: